20/01/2010

mosquito-da-dengue

Dos 96 distritos da cidade de São Paulo, 29 estão em alerta com risco de infestação pelo mosquito da dengue, segundo mapa divulgado ontem pela Secretaria Municipal da Saúde. Ermelino Matarazzo faz parte deste ranking. O mapeamento leva em conta o índice de densidade larvária, indicador que mostra o grau de infestação de larvas do mosquitos.

A coordenadora do Programa Municipal de Combate e Controle de Dengue, Bronislawa de Castro, explica que a divulgação do índice serve como um norte para as ações do poder público, mas todo o município está recebendo atenção.

A técnica lembra que a população pode telefonar para o número 156 para denunciar focos do mosquito.

De acordo com o médico epidemiologista da Santa Casa de São Paulo, José Castro de Morais, é difícil diagnosticar o local exato onde as pessoas foram picadas pelo inseto. “O paciente pode estar de passagem por Pirituba, por exemplo, ser picado e registrar o caso no hospital de outro local”, explica. “O perigo maior é para as pessoas que moram na região de risco e estão expostas ao mosquito.”

Comentários

VEJA TAMBÉM