Envie esta notícia para seus amigos de Ermelino e Ponte Rasa

30/12/2010

O único fabricante de celofane na América do Sul tem como grande diferencial quase setenta anos de experiência neste mercado, com aprimoramento contínuo de sua produção. A história teve início em 1941, quando o complexo industrial das Indústrias Reunidas Francisco Matarazzo (IRFM) passou a se dedicar à produção de celofane, após desenvolver a técnica e equipamentos necessários para obter o filme transparente a partir da regeneração da celulose.

Surgiu então a marca Celosul, cuja fábrica foi inaugurada no bairro Ermelino Matarazzo.

Em 1994, com o fechamento do grupo Matarazzo, parte dos funcionários decidiu constituir a Cooperativa dos Trabalhadores da Indústria Matarazzo (Coopercel), dando continuidade à produção do celofane e procurando incorporar cada vez mais critérios socioambientais em seu negócio.

Nesse sentido, em dezembro de 2007, a Coopercel decidiu ir além das exigências legais que já vinha cumprindo em relação ao tratamento de efluentes gerados pelo seu processo produtivo. Firmou contrato com a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) para coleta e tratamento de 10.500 m3 mensais de esgoto não-doméstico.

Em maio de 2008, a Coopercel conquistou o Selo Verde, certificação emitida pelo Conselho Nacional de Defesa Ambiental (CNDA) às empresas que comprovam periodicamente que seus ciclos de vida são amigáveis para o meio ambiente e sociedade. Entre os critérios exigidos está a proibição do uso de mão-de-obra infantil, não por em risco a saúde dos consumidores e não causar impacto ambiental significativo.

Atualmente, a Coopercel conta com 120 cooperados e uma produção média mensal de 150 toneladas, sendo que a capacidade máxima de fabricação pode alcançar 300 toneladas mensais.
Apesar de o produto ser adquirido principalmente por grandes empresas e revendedores de celofane, a Coopercel está lançando quantidades menores para serem comercializadas em supermercados, direcionadas aos consumidores domésticos.

Os principais clientes são convertedores e revendedores de embalagens, indústria de fita adesiva e de artigos de borracha, gráficas, frigoríficos, indústria de alimentos em geral, churrascarias, dentre outros.

Assista um vídeo:

Fonte: Site da Empresa

Comentários

VEJA TAMBÉM