01/07/2011

Fica pronto o vídeo de cobertura do 1º Festival de Cinema da Zona Leste.
O SP LESTE EM MOVIMENTO – 1º Festival de Cinema da Zona Leste de São Paulo aconteceu entre os dias 11 e 20 de fevereiro no cinema do CEU Quinta do Sol, na divisa entre os bairros da Penha e de Ermelino Matarazzo.

A programação foi inteiramente gratuita. As seções de cinema tiveram inicio às 12h e terminavam apenas quando do fechamento da unidade, 22h durante a semana e às 20h aos finais de semana.
A programação teve, dessa forma, um total de 82 horas de cinema exibidos gratuitamente durante 09 dias na unidade do CEU. O primeiro dia do evento foi marcado pelo cerimonial de abertura. Foram exibidos um total de 117 filmes divididos em mostras temáticas; Competitiva de leste, Competitiva Nacional, Mostra Especial, História Leste, História SP, Samba na Tela, Hip Hop na Tela, Nordeste na Tela, Várzea na Tela, America Latina em Movimento, Curta o Curta, Panorama Extra, Mostra Infantil e Mostra Infanto-Juvenil e CurtaNoite.
O publico total estimado foi de 3.000 pessoas. A média diária foi de 250 espectadores, ao longo de todas seções. Porém na sexta feira, 19 de fevereiro, duas seções com público estimado em 400 pessoas levantaram a media geral: às 11h seção Extra do filme Ermelino É Luz com a presença de escolas da rede pública de ensino e às 14h as Mostras Infantil e Infanto-Juvenil, também com a presença de escolas da rede pública. Um número bastante expressivo para este tipo de atividade, onde sabemos (e a pesquisa realizada por nós demonstra) não há, ainda, hábito da população local em freqüentar tal tipo de cinema.

Filmes premiados:
O resultado das mostras competitivas foram obtidos através do voto popular, que premiou os seguintes filmes:

Competitiva Leste em Movimento (Filmes da Zona Leste)
– 1º Lugar: Jardim Beleléu, de Ari Candido
– – 2º Lugar: 60 anos Azul e Branco, de Newman Costa

Contagem dos Votos: 60 Anos Azul e Branco: 22 votos Jardim Beleléu: 29 votos Esse é o Carnaval da Superação: 6 votos Lá do Leste: 11 votos Sarará: 1 voto Seu Nenê: 15 votos Total de votos: 88 votos

Competitiva Leste Sem Fronteiras (Competitiva Nacional)
– 1º Lugar: Negócio Fechado, de Rodrigo Costa
– 2º Lugar: Engano, de Cavi Borges

Contagem dos Votos: Engano: 17 votos Fim de Linha: 2 votos Sinistro: 8 votos Imagine in Bahia: 4 votos Negócio Fechado: 23 votos Mestre Humberto: 4 votos Oscar: 8 votos Maracatu Maractus: 3 votos Sonho de Valsa: 7 votos Cortejo Negro: 1 voto Total: 87 votos

“Quanto ao resultado das Mostras Competitivas, observamos que os filmes vencedores de ambas Mostras –de filmes da Zona Leste e da Competitiva Nacional – têm certa conexão, o que podemos entender como certo “gosto” do público. Chama a atenção que ambos filmes vencedores são de ficção e com fundamentais atuações de atores do porte de José Wilker e Camilo Bevilacqua, respectivamente. Têm também em comum o fato resgatarem importantes valores humanos.

No filme de Ari Cândido, Jd Beleléu, após um assalto, o desejo de vingança levaria o protagonista ao erro da vingança. Ele é salvo pelo amor de sua mulher e afinal percebe que valores singelos podem sobressair quando o entorno se mostra hostil. No filme Negócio Fechado, de Rodrigo Costa, um bem-humorado conto de caipira, onde um pequeno fazendeiro local abre mão de um lucro maior. Ele recusa uma oferta rápida e vantajosa de um “Agro-boy” para valorizar a prosa e a longa negociação com um compadre e amigo antigo.” – Pedro Dantas

Além das exibições dos 117 filmes que compõem o catálogo do 1º SP LESTE EM MOVIMENTO, o festival desenvolveu ao longo de seus 10 dias diversas atividades paralelas:

– Concurso de Foto-Documentário
Foram selecionados e expostos durante o evento um total de 24 fotos-documentários.

O vencedor do prêmio Voto Popular foi:
Lindos Gatinhos Brincando na Porta de Minha Sala de Trabalho, de Bianca
O vencedor do Prêmio da Curadoria do Festival foi:
A Fé Liberta e Remove Montanhas, de Marcos William:

O vencedor do Prêmio Especial, segundo o especialista Christian Caselli, foi Visão de SP de uma Gringa, de Liga Straume.

– Oficina de Foto Criativa em celular

A oficina de fotografia criativa foi ministrada por Christian Caselli na Associação Cultural Poder Negra. Instrui um grupo de 20 crianças e adolescentes de idade entre 8 e 15 anos a fotografar com criatividade utilizando um aparelho recorrente a todos: o telefone celular

– Cerimônia de Abertura

A abertura do festival contou com o depoimento de nomes ilustres, tais como: Vereador Adfolfo Quintas, Vereador Claudio Fonseca, Luís Sobral, secretário adjunto da Secretária do Estado de Cultura, Gláucio franca, chefe de gabinete da sub-prefeitura de Ermelino Matarazzo, Pedro Dantas, curador do festival e Paulo Roberto Gonçalves, idealizador e produtor executivo do SP Leste em movimento. Estiveram presentes ainda Julio Wainer, diretor da TV PUC-SP, Ricardo Xavier, jornalista, curador de programação da TAL TV (Televisão América Latina), Cristian Cancino, cineasta, entre outros tantos. Houve consenso entre os participantes do encontro sobre a consolidação do festival como parte importante do calendário cultural da região.

– Debate sobre Hip-Hop e cinema
O debate contou com os seguintes nomes: Da Antiga, rapper com 20 anos de carreira, ator no filme Profissão de MC de Alexandre Buzo / DJ Bidu, referencia local, DJ profissional / DU RAP, importante nome do cenário paulistano do Rap.
“O debate discutiu a veracidade ou não da relação entre o Rap e a violência. O destaque seria o paralelo que os debatedores traçaram entre o rap nacional e o norte-americano. Segundo os rappers presentes, nos EUA há uma forte tendência a se valorizar o “gangster” e incentivar o consumo. Assim, acabaria incentivando, indiretamente, a criminalidade através do proliferação do desejo pelo “dourado”, dos grandes carros luxuosos, e de certo culto ao dinheiro “fácil”. O rap nacional, por sua vez, caminharia por via própria e contraria tal ideologia. Aqui, a população periférica identifica o rap com transformação, atitude e ação cidadã. É a “voz” que vem debaixo para cima, segundo os debatedores” – Pedro Dantas.

Após o debate houve desafio de MCs, entre os próprios debatedores.

– Debate sobre cinema e política

Debate sobre Cinema e Política com presença de Sérgio Muniz, cineasta, diretor do filme Você Também Pode Dar um Presunto Legal, Cristian Cancino, jornalista e cineasta diretor do filme em lançamento no festival, Sertão Progresso, Glaucio Franca chefe de gabinete da Subprefeitura de Ermelino Matarazzo, Jefferson representando o Cieds (Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável), Sidnei Candido Khondi, Presidente da Associação Cultural Poder Negro e da coordenação da mesa foi de Pedro Dantas cineasta, curador do SP Leste em Movimento.\
O debate teve como referência a projeção do filme de Sergio Muniz, Você Também Pode Dar Um Presunto Legal, que aborda a história e atuação do Esquadrão da Morte durante os anos 70 em São Paulo. O cineasta contou como foi a experiência de filmar clandestinamente naquele período de repressão e qual o porquê do filme haver sido lançado apenas em 2005. Junto ao público, pensou-se sobre o significado dos chamados “crimes de Estado”, e se há importância de, 40 anos depois, se apurar e tornar público os fatos históricos ocorridos, e também punir os responsáveis.

– Exposição de vidro reciclado pela artista plástica Débora Muskat

As dependências do CEU Quinta do Sol receberam uma requintada decoração durante o festival de cinema, a artista plástica Débora Muskat apresentou a exposição As Possibilidades do Vidro na Sociedade Contemporânea, cuja temática se faz importante: a reciclagem. O trabalho da artista é todo elaborado a partir da reciclagem de vidro e garrafas em geral.

– Pintura em grafiti

Confecção de painel de Grafite nas dependências do CEU durante o festival, pelo grupo C011: Ship, Vin, Neno, Rote, Don. Video: Vandinho Santana e Marcelo Fubah.
Assista ao vídeo que retrata a elaboração do Grafiti: vimeo.com/​20114531

– Samba com cinema – fusão de apresentação musical ao vivo de samba junto a projeção de cinema.
Entre as atividades especiais, o festival contemplou duas apresentações musicais com o grupo O Samba Que A Gente Faz. A primeira no cerimonial de abertura e a segunda na programação especial do sábado 20 de fevereiro, toda ela dedicada ao samba. O grupo assina a trilha sonora do filme Ermelino É Luz, onde alem de partes instrumentais utilizadas para estabelecer a dramaticidade da obra, duas cações antigas e de autoria própria foram cedidas por eles: Moleque de Trem e Adoniran É Luz. Para o festival SP Leste em Movimento uma surpresa, o grupo executou a trilha sonora do filme ao vivo, enquanto o mesmo em edição “muda”, sem depoimentos foi era projetado. O resultado é uma nova e promissora entre cinema e samba ao vivo.

– Homenagem a Seu Nenê e a Velha Guarda do GRES Nenê de Vila Matilde
O Sábado dedicado ao samba terminou sua programação com um evento de grande importância para a região. O SP Leste em Movimento rendeu homenagem a Seo Nenê de Vila Matilde, o “imortal” sambista, fundador do GRES Nenê de Vila Matilde e expoente da cultura paulistana. Para a celebração estiveram presentes os membros da Velha Guarda nenê de Vila Matilde, o filhe de Seo Nenê, o Betinho, e ainda membros da ala de compositores da escola.

Assista vídeo filmado durante a homenagem e postado por membros do GRES Nenê de Vila Matilde no Youtube: youtube.com/​watch?v=DzWorhpuGFE

– Cobertura na Imprensa
O festival obteve grande repercussão na imprensa, concluímos nós a partir do dialogo com os meios que nos visitaram, devido a seu caráter pioneiro e à sua real importância sócio cultural e educativa. Os destaques da cobertura de imprensa foram:

TV:
– Rede Globo, SP TV, confira no link: g1.globo.com/​sao-paulo/​noticia/​2011/​02/​zona-leste-de-sp-e-palco-de-festival-de-cinema-ate-domingo.html
– Rede Globo, Bom Dia Brasil: video.globo.com/​Videos/​Player/​Noticias/​0,,GIM1436108-7823-FESTIVAL+DE+CINEMA+MOSTRA+O+OLHAR+DA+COMUNIDADE+PARA+SI+MESMO,00.html
– TV Gazeta, Jornal da Gazeta: youtube.com/​watch?v=y_25Y2TKfZs
– TV Câmara, cobertura da abertura do festival
– TV Câmara, programa Sala de visitas, o vereador Adolfo Quintas entrevista Pedro Dantas, curador do festival, Gláucio Franca, idealizador, e Christian Caselli, curta-metragista e professor na oficina de foto criativa.

Rádio
– Band News, entrevista com Pedro Dantas.

Jornais, revistas e mídias eletronicas:
– Folha de São Paulo, Ilustrada, coluna da Mônica Bergamo de 29.12.2010
– Jornal do Brasil: jb.com.br/​cultura/​noticias/​2010/​12/​29/​zona-leste-de-sp-vai-ganhar-festival-de-cinema/​
– Jornal Diário de São Paulo: diariosp.com.br/​_conteudo/​2011/​02/​31559-festival+poe+zona+leste+em+cena.html
– R7: noticias.r7.com/​agenda-do-dia/​zona-leste-recebe-festival-de-cinema-nesta-sexta-feira.html
– Site Ctraca Livre: catracalivre.folha.uol.com.br/​2011/​01/​festival-de-cinema-da-zona-leste-promove-oficina-de-fotografia/​
– Jornal eletrônico Curta O Curta: curtaocurta.com.br/​jornal/​2180/​
– Revista do Tatuapé: revistadotatuape.institucional.ws/​2011/​01/​cinema-na-na-zona-leste/​
– El nuevo Parquet: elnuevoparquet.com/​videomania/​archives/​33390
– Rede Brasil Atual: redebrasilatual.com.br/​multimidia/​blogs/​curta-essa-dica/​zona-leste-recebe-seu-primeiro-festival-de-cinema
– Guia Kinofórum de Cinema: kinoforum.org.br/​guia/​2010/​noticias.php?n=701
– CTaV – Secretaria do Audiovisual / Ministério da Cultura: ctav.gov.br/​2011/​01/​10/​do-dia-1-a-30-de-janeiro-acontece-o-i-festival-de-cinema-sp-leste-em-movimento/​
– Revista Elementos: revistaelementos.com.br/​?p=1253
– Guia Kinofórum de Cinema Nacional kinoforum.org.br/​guia/​2011/​fbrasil.php?c=808&d=1
– USP NET: each.uspnet.usp.br/​nasce/​?p=524
– Revista Mais Cidades: revistamaiscidades.com.br/​index.php?pg=materia&id=2861

Equipe SP LESTE EM MOVIMENTO:

Pedro Dantas – Idealização,
coordenação geral e curadoria

Paulo Roberto Gonçalves – Idealização,
produção executiva e coordenação de produção

Gláucio Lima Franca – Idealização

Sidnei Candido (Khondi) – Idealização
e coordenação pedagógica

Gabriela Salles – Produção
e assessoria de imprensa

Nelson Caramico – Identidade visual
e artes gráficas

Paulo Rafael da Silva – Pesquisa

Carolina Valdés – Apoio de produção

Safiri Felix – Divulgação em mídias sociais

Carlos Eduarde Grande – Design de
logomarca e website

Facundo Reyna – Registro audiovisual

Guilherme Santos Gomes – Concepção de camiseta

1º Festival de Cinema da Zona Leste from SP Leste em Movimento on Vimeo.

Comentários

VEJA TAMBÉM