24/05/2011

A Polícia Civil prendeu nesta segunda-feira (23) o dono de uma confecção suspeito de produzir agasalhos falsificados de uma marca esportiva em Emerlino Matarazzo.
Foram apreendidas 19 máquinas industriais de costura e mil peças prontas. Pelo menos dez pessoas trabalhavam no local.

A Polícia Civil deteve nessa segunda Antônio Quispe, 29 anos, dono de uma confecção que produzia agasalhos de uma importante marca esportiva sem autorização e sem os padrões de qualidade exigidos na zona leste de São Paulo.
Integrantes da 1ª Delegacia Antipirataria (DIG) e do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic) também apreenderam 19 máquinas industriais de costura e mil peças prontas.
“Pode ser a produção do dia”, avaliou o delegado José Roberto Arruda, da Delegacia Antipirataria, em nota divulgada pela Polícia Civil de São Paulo.
A empresa estava instalada em um imóvel em Ermelino Matarazzo. Os policiais flagram a produção de agasalhos da marca Adidas. Pelo menos 10 pessoas trabalhavam no local.
Segundo a polícia, a confecção foi descoberta após apreensões feitas em centros de comércio popular na região da Rua 25 de Março e do Brás, na região central de São Paulo. O dono da fábrica foi autuado por crimes contra relação de consumo e contra marcas. O material passará por perícia.

Fonte: terra, Globo e Polícia Civil SP

Comentários

VEJA TAMBÉM