01/11/2017

tudo anormal rede globo junho 2017Mais de quatro meses depois, a equipe do Bom Dia São Paulo voltou nesta quarta-feira (1º) à Escola Estadual Pedro de Alcântara Marcondes Machado, em Ermelino Matarazzo, Zona Leste de São Paulo. A instituição sofria com serviços precários de zeladoria, mas, apesar da promessa do poder público, a situação pouco mudou por lá.

A calçada em volta da escola segue repleta de lixo, mesmo com os diversos avisos espalhados pela área pedindo que a população colabore – há um ecoponto para o descarte de entulho a cerca de 1 km do local. Do lado de dentro do colégio, o mato voltou a crescer e já está quase tão alto quanto na primeira visita.

De acordo com Juarez, que diz morar no bairro há 50 anos, o descaso é costumeiro. “Sempre foi assim. Um absurdo. Pessoal muito mal educado” disse. Segundo ele, muito por conta do mato alto, alunos fazem reclamações frequentes da presença de insetos na escola. “Pernilongo, moscas, baratas. É um absurdo”, completou.

A Prefeitura Regional  afirma que continua fazendo limpeza no local, mas que, infelizmente, a área virou um ponto viciado de descarte. Procurada para comentar o mato alto dentro da escola, a Secretaria Estadual de Educação não havia se posicionado até a última atualização desta reportagem.

Comentários

VEJA TAMBÉM