03/02/2010

A incidência de raios triplicou na cidade de São Paulo. Entre 26 de dezembro e 26 de janeiro, houve 13.278 ocorrências, 236% mais que as 3.945 do primeiro mês do verão de 2009.

Os dados fazem parte de um levantamento elaborado pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que mostra que, no período, foram detectados 411,5 mil raios em todo o Estado. Esse número também é cerca de três vezes maior do que o do início de 2009: 143.293 raios.

Pesquisadores do Inpe afirmam que a principal hipótese para explicar o aumento dos raios é a influência do El Niño, fenômeno meteorológico que provoca o aquecimento das águas do oceano Pacífico, na altura da linha do Equador, e a consequente elevação do número de chuvas na região Sudeste.

Comentários

VEJA TAMBÉM