Envie esta notícia para seus amigos de Ermelino e Ponte Rasa

16/12/2017

Foi realizada no dia 15 de dezembro a quinta edição do Festival de Direitos Humanos, realizada pela Coordenação de Promoção do Direito à Cidade e Educação em Direitos Humanos, da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC).

Durante a realização do Programa houve um encontro com o advogado Alcyr Barbin Neto, especialista e militante da área de direitos humanos, que trabalha com a temática da população em situação de rua desde 2010 e atualmente trabalha na Secretaria Municipal de Direito Humanos e Cidadania para abordar a questão do morador de rua – Albergado.

Cerca de 30 pessoas, entre os técnicos da área da saúde, assistente social, dirigentes da Casa de Albergue de Ermelino Matarazzo e Ponte Rasa que participaram do encontro realizado na Escola Estadual Therezinha Aranha Mantelli, localizada na Rua Professor Antonio de Castro Lopers, 930 – Parque Buturussu – Ermelino /Matarazzo. Na ocasião tiveram a oportunidade de ouvir Alcyr Barbin Neto que assegurou que a população em situação de rua é na verdade várias populações diferentes que caem em situação de rua devido à conjugação de fatores estruturais – falta de habitação e renda, esta estando intimamente ligada à educação e trabalho – com condições individuais – problemas familiares, de saúde e comunitários.

O especialista também procurou desmistificar muitos dos medos e estigmas que as pessoas têm da população em situação de rua, que é a parcela mais pauperizada da população trabalhadora.

Segundo Alcyr Barbin, a prefeitura reconhece a necessidade de expandir a rede de proteção para além dos serviços de acolhimento de emergência e planeja fazê-lo nos próximos anos. “Há perspectivas para um projeto piloto de atendimento habitacional em parceria com a União, que pode vir a ser replicado em todo o território nacional, focado no atendimento habitacional como forma de saída da rua”, afirmou Alcyr.

Fonte: Mídia social PREM

Comentários

VEJA TAMBÉM