02/12/2016

A CPTM testa, em algumas estações, o sistema de bilhetagem via QR Code, ou Código QR (quick response – resposta rápida). Os testes começaram no último mês de outubro na Estação Tamanduateí, e  a Estação USP LESTE de Ermelino Matarazzo agora também esta testando o sistema. A razão da escolha é que pela estatística, é uma das estações em que os usuários mais se utilizam de bilhetes unitários. 

O período de testes será de seis meses. Caso se comprove a viabilidade, a utilização do sistema trará muitas facilidades para os consumidores em relação aos atuais bilhetes magnéticos. As passagens poderão ser aquiridas pela Internet, aplicativos de celular e máquinas de vendas automatizadas, trazendo praticidade e ganho de tempo para os passageiros que utilizam os bilhetes unitários.

bilhete-qr-codeNessa fase de testes, o usuário deve adquirir na bilheteria da estação o bilhete unitário, que será impresso com o código. Depois é só aproximar o bilhete do bloqueio adaptado para a leitura desse tipo de bilhete para ter o acesso liberado. Nos primeiros quinze dias, a venda dos bilhetes na Estação Aurora estará disponível das 9h às 16h, e colaboradores orientarão os passageiros sobre o novo sistema.

Trata-se de uma iniciativa pioneira na América Latina, desenvolvida por uma empresa parceira da CPTM que já realizou um projeto piloto no Terminal Santo André do corredor ABD da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), entre julho e agosto passados.

As outras estações que também passarão pelos testes são: Lapa, na Linha-8 Diamante; Autódromo, na Linha-9 Esmeralda e Dom Bosco, na Linha-11 Coral

Comentários