14/09/2018

Um fato inusitado marcou a noite do último sábado (8) na capital paulista. Um carcereiro foi trabalhar bêbado e acabou, supostamente, facilitando a soltura de oito presos de uma determinada cela da delegacia de Vila Carrão (31ºDP), que fica localizada na zona leste de São Paulo.

Tudo aconteceu por volta das 20h30, quando o funcionário abriu a cela e permitiu que os criminosos ganhassem fuga. Em depoimento ao delegado, ele contou que um dos detentos deferiu um golpe “mata leão” nele, furtou a chave e abriu a cela para que os demais conseguissem sair.

Até o momento, apenas dois homens foram capturados novamente. Um se entregou minutos depois e outro foi encontrado nas proximidades da região, no bairro Ermelino Matarazzo. O Cento de Operações Policiais Militares (Copom) trabalha averiguando chamados na intenção de encontrar os demais fugitivos.

 A Polícia continua fazendo buscas pela capital e pode até divulgar foto de rosto dos criminosos para facilitar a denúncia da população, caso forem avistados nos próximos dias.

O carcereiro que não teve a identidade revelada por questões de segurança foi encaminhado à Corregedoria da Polícia Civil e encontra-se detido desde ontem no Presídio Especial da Polícia Civil, onde ficará até que saia o resultado dos processos administrativos da corporação com as penalidades posteriores.

A audiência de custódia deve acontecer ainda neste domingo (9). Ele pode responder criminalmente e tem a probabilidade de ser expulso. A Secretaria de Segurança Pública (SSP/SP) ainda não se manifestou sobre o fato ocorrido.

Fonte: News/imagem ilustrativo

Comentários