15/06/2010

Um funcionário da Prefeitura de São Paulo foi preso na segunda-feira (15) por cobrar dinheiro pela realização de um serviço irregular de rebaixamento de guia. Segundo a Secretaria de Comunicação das Subprefeituras, o homem trabalha na Subprefeitura Ermelino Matarazzo e estava de folga quando se ofereceu para fazer o trabalho em um imóvel comercial no Itaim Bibi, zona sul da capital.
O órgão também afirmou que o serviço foi oferecido pelo funcionário e por mais duas pessoas que ainda não foram identificadas por R$ 1.500. Ao concluir o trabalho na tarde, ele afirmou que voltaria mais tarde para receber a quantia acertada e que o pagamento deveria ser feito a ele e em dinheiro.

Desconfiada, a própria comerciante ligou para a subprefeitura de Pinheiros, que informou que nenhum funcionário do município tem autorização para oferecer esse tipo de serviço. A fiscalização foi ao local para verificar a possível irregularidade.

O funcionário foi preso pela polícia civil à noite, quando voltou ao comércio para cobrar o valor. Ele e outros envolvidos foram encaminhados ao 15º Distrito Policial, onde prestaram depoimento.

De acordo com informações da Secretaria de Comunicação das Subprefeituras, por volta da 1h desta terça-feira (16), o servidor foi liberado, mas a prefeitura vai abrir um processo administrativo para investigar o caso.

Assista abaixo o vídeo exibido pela Rede Globo de Televisão

Fonte: r7 e Rede Globo

Comentários

VEJA TAMBÉM