07/07/2018

Pelo menos dez alunos da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da USP Leste foram alvo de um grupo de assaltantes que costuma agir diariamente, nas proximidades do bicicletário.

De acordo com relatos, a ação é sempre a mesma: à noite, mais ou menos 5 homens, armados, surpreendem as vítimas e, sob ameaças, roubam celulares, mochilas e até mesmo livros.

Em todos os casos apurados pela reportagem da Rádio Bandeirantes, os alvos dos assaltantes eram duplas, trios ou grupos de amigos.

Na maioria das vezes há mais mulheres juntas do que homens, o que deixa as estudantes mais apreensivas.

O grupo dos alunos da USP Leste nas redes sociais virou um grande fórum sobre os recentes assaltos na região.Há relatos quase todos os dias alertando colegas.

Lá, eles tentam reunir todos os boletins de ocorrência para pedir ajuda à reitoria da Universidade.

A USP Leste é atendida por duas delegacias: Ponte Rasa e Ermelino Matarazzo.

O bicicletário que fica ao lado da USP Leste pertence à CPTM.

Procurada, a Companhia afirmou que não há nenhum registro de assalto no local nos últimos meses.

A reitoria da Universidade disse que recebeu os boletins de ocorrência dos alunos assaltados e que solicitou imediatamente à Polícia Militar o reforço de policiamento da região.

A Rádio Bandeirantes aguarda o posicionamento da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo.

Fonte: Band/imagem irede social

Comentários

VEJA TAMBÉM