25/08/2018

Dj KL Jay, do Racionais MC’s será o próximo convidado de bate-papo  confirmado para acontecer no dia 2 de setembro, às 17h na Ocupação Cultural Mateus Santos. Além de integrar um dos grupos de rap mais emblemáticos das periferias brasileiras, o artista também desenvolve projetos culturais independentes, no qual ele apresenta a cultura Hip Hop como elementos culturais importantes para a formação da sua carreira.

A partir destes encontros nós buscamos inspirar e mobilizar agentes culturais da região de Ermelino Matarazzo, trazendo nomes importantes da cultura produzida nas periferias de São Paulo. Com isso, esperamos trazer mais consciência sobre o potencial da cultura como campo profissional e força de transformação social”, explica Daniel Prata, coordenador de comunicação do projeto Criando Criadores.

O terceiro encontro recebe a cantora e compositora Tássia Reis, que tem participação confirmada no dia 15 de setembro. “Ao apresentar exemplos potentes de diversidade que inserem as periferias no cenário da produção e do empreendedorismo cultural, nós cumprimos com o nosso papel que é a mostrar a cultura como elemento transformador de territórios e pessoas”, finaliza Prata, citando a filosofia pedagógica do curso.

E para fechar o ciclo, com práticas em produção cultural, musical, gestão de carreira de artistas do hip hop brasileiro, Evandro Fióti também irá à Ocupação para trocar ideia com os alunos e agentes culturais no dia 22 de setembro, às 15h. Segundo os organizadores do projeto, esse encontro oferece a oportunidade de conectar os participantes com um profissional que transita em diferentes áreas da indústria cultural de forma simultânea, mostrando outras possibilidades de atuação por meio do empreendedorismo.

O Criando Criadores é fruto de uma parceria entre a Cingulado, consultoria com foco em investimento social, o Movimento Cultural Ermelino Matarazzo e a ArcelorMittal, que patrocina o projeto por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura. “Criando Criadores é um dos projetos selecionados pelo programa ArcelorMittal Forma e Transforma, que tem como objetivo principal promover o desenvolvimento local por meio da arte e da cultura. O programa está presente em mais de vinte comunidades dos estados de São Paulo e de Minas Gerais”, relata Eduardo Diniz, diretor da unidade da ArcelorMittal, que fica no bairro Jardim Keralux, em Ermelino Matarazzo.

Seu objetivo de trazer aos alunos e outros agentes culturais das periferias histórias de vida de artistas e empreendedores que são exemplos de alto impacto na cultura, o Criando Criadores, projeto de formação técnica em produção cultural, abre no próximo sábado um ciclo de bate papos inspiradores como parte do curso que acontece na Ocupação Cultural Mateus Santos, localizada no distrito de Ermelino Matarazzo, zona leste de São Paulo.

Fonte: adaptado de zona suburbana/imagem ilustrativa

Comentários

VEJA TAMBÉM