03/04/2007

A expressão “pelas suas contas” costuma aparecer sempre que se fala dos 1.000 gols que Romário sonha fazer. Além do Baixinho e de Pelé, outro brasileiro também fez contas para atingir a marca: Flávio Minuano, ex-jogador que brilhou no Internacional, Corinthians e Fluminense. Ele garante: balançou a rede 1.070 vezes.
Em julho de 1973, em entrevista à revista “Placar”, Flávio, então no Porto (POR), revelou que seu empresário e dois jornalistas o ajudaram a fazer uma lista, e que ele já somava 972 gols desde as categorias de base. Agora, o ex-jogador afirma ao GLOBOESPORTE.COM que alcançou o milésimo em 1976.
– Foi quando eu jogava pelo Pelotas, no interior do Rio Grande do Sul, em uma partida contra o Caxias no Alfredo Jaconi. Acho que foi empate de 3 a 3. O pessoal lá comemorou, teve um oba-oba, mas foi uma coisa superficial. O Brasil não ficou sabendo. Recentemente, fizeram um levantamento e me falaram que eu fiz 1.070 gols no total – diz, sem perder a humildade e o bom humor: – Isso é o que me falaram, eu não tenho certeza (risos).
Aos 61 anos, Flávio atualmente trabalha com escolinhas de futebol para crianças em Ermelino Matarazzo, em São Paulo. O ex-atacante sabe que seus alunos não o viram jogar, mas faz questão de espalhar sua fama de artilheiro:
– Os pais deles me viram e sabem o que eu fiz. Já contei para os meninos que marquei mil gols (risos).
Flávio começou a carreira no Internacional, pelo qual conquistou o Campeonato Brasileiro de 1975 sendo o artilheiro da competição. Ele também foi campeão gaúcho pelo Colorado (1961, 1975 e 1976) e carioca com o Fluminense (1969).
O ex-atacante diz torcer para Romário chegar ao milésimo. E, de preferência, que seja no Maracanã, como Pelé.
– Ele merece, teve uma carreira extraordinária. Todos os torcedores querem ver esse gol, e o Maracanã é o melhor lugar – afirma Flávio.
O ex-atacante garante que não se sente incomodado por ser “esquecido” quando o assunto é o gol 1.000.
– Meu tempo já passou.

Fonte: Rede Globo

Comentários

VEJA TAMBÉM