O prefeito João Doria disse que alguns educadores entenderam o recado de forma equivocada. “O que é a limitação é para doces e produtos elaborados, produtos que não são tão saudáveis assim para serem repetidos, mas os produtos que representam saudibilidade para as crianças podem e devem ser acessados livremente sem qualquer tipo de restrição.”

A reportagem do SP2 conversou com uma nutricionista sobre a restrição e o risco de obesidade infantil.

“Eu sempre vejo que a restrição nunca é o melhor caminho, né, o impedimento ali dela acabar pela forma de impedimento. O interessante é você trazer essa informação, essa conscientização pouco a pouco para a formação de hábitos alimentares ali saudáveis”, disse Clarissa Fujiwara, nutricionista da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade (Abeso).

 
Comentários

VEJA TAMBÉM

,

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« 
 »