03/10/2010

De acordo com TRE – SP, as eleições estão transcorrendo dentro da normalidade na manhã de hoje.
Alguns Colégios particulares, como o Sena de Miranda, estão sendo utilizados também como local de votação.

Segundo Walter Guilherme, Presidente do TRE de São Paulo em entrevista à Abril, não é necessário que o eleitor apresente o título de eleitor na hora do voto, mas ressaltou que é obrigatório um documento com foto. Apesar da não obrigatoriedade, ele recomendou que o eleitor leve o título, o que facilita a localização do local correto da votação, uma vez que o documento traz o número da seção e da zona eleitoral. “Pode ser que algum mesário não esteja perfeitamente ciente (sobre a não obrigatoriedade do título)”, disse.

Guilherme esclareceu ainda que não é permitido o uso de camisetas de candidatos e partidos políticos durante a votação, o que se configura como crime de boca de urna. Broches, bandeiras pequenas e adesivos, no entanto, são permitidos. O presidente do TRE-SP destacou ainda o avanço da votação dos presos nessas eleições. Em São Paulo – dos cerca de 56 mil detentos, dos quais 52 mil são presos provisórios e 4 mil menores da Fundação Casa – de 10% a 12% devem votar. Ele lembrou que, por questões de segurança, não é possível que toda a população carcerária vote e lamentou que muitos presos não mostraram interesse em votar e nem providenciaram documentação para a eleição.

A 326ª Zona Eleitoral (Ermelino Matarazzo) fica na Avenida Boturussu, 492 e o telefone para informações é  2943 0933 e 2943 0486.

Comentários

VEJA TAMBÉM