23/05/2013
 

Uma gestante de nove meses foi morta pelo marido na casa onde moravam, em Ermelino Matarazzo, na Zona Leste de São Paulo, na madrugada desta quarta-feira (22). De acordo com a Polícia Civil, o suspeito tentou se suicidar após o assassinato.
O crime ocorreu por volta das 3h, na Rua Paulina Augustin. A vítima foi morta a golpes de faca. O bebê, que estava prestes a nascer, também não resistiu aos ferimentos. Ainda conforme informações da Polícia Civil, após o crime, o marido cortou os pulsos.
Segundo a Polícia Militar, uma vizinha do casal foi quem chamou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o Corpo de Bombeiros. As equipes de resgate já encontraram a mãe e o bebê mortos. O marido foi socorrido e levado ao pronto-socorro do Hospital Ermelino Matarazzo. Ele se encontra em estado grave e assim que for liberado pelos médicos, ele será preso.
O caso foi registrado no 62º Distrito Policial, em Ermelino Matarazzo de acordo com o delegado titular , João Carlos Elias.
A Rede Record no programa Cidade Alerta acrescentou as seguintes informações:
O SAMU foi acionado por vizinhos que ouviram os gritos de socorro e ela chegou quase uma hora depois quando não havia mais possibilidade de qualquer tentativa de socorro à Rosana Maura Ferreira Rodrigues, de 31 anos. O fato foi testemulhado por outro filho do casal, um menino de sete anos que está em estado de choque na casa dos tios e o agressor já tinha passagem pela polícia por roubo. O crime teria sido cometido pelo fato do Glauber Rodrigo Rodrigues, de 36 anos, ser usuário de drogas que teria ingerido em um bar após o trabalho em uma firma de terraplanegemOs cortes que o homem desferiu contra si não são profundos e não requereu cirurgia segundo o Hospital Alípio Corrêa Neto.
Assista o vídeo com o apresentador Marcelo Rezende:
 
 
Fonte: Último Segundo/R7
Comentários

VEJA TAMBÉM