26/02/2011

Morar nas proximidades de bairros vizinhos gera uma grande dificuldade quanto a quem recorrer quando algum problema surge pois nem sempre os mesmo têm certeza quanto a que bairro pertence. Um exemplo é a reclamação que nos chegou de Renata Rosa Lima. Eis o seu relato da forma que nos chegou:

Gostaria de registrar aqui o meu apelo, e pedir  à Subprefeitura de Ermelino Matarazzo,  que já algum tempo ou mesmo anos, estamos sendo prejudicados  por uma fabrica de areia e vidros,  localizada na rua  Àcara mirim pegando toda a extenção da Belém Santos , Dr. Assis Ribeiro e Colônia Leopoldina.
Esta fábrica  vem poluindo  nossa região e prejudicando nossa saúde.Quando dá ventania,  a areia se espalha por toda nossa rua entrando em nossas casas. Aliás  estamos repirando pó  e vidro muido ao invéz de respirar  o próprio ar.

A rua (…) talvez  pertençam a Subprefeitura da Penha e uma parte  pela Sub-Pref.de Ermelino e pedimos  ao jornal que divulguem às autoridades competentes e que nos ajudem  a  resolver  este caso. Se for necessário, faremos um abaixo-assinado, porque tem muita  gente com problemas respiratório, sinusite, renite e outras mais….”

Oficialmente, pela localização da fábrica, a competência é toda da Subprefeitura da Penha e neste caso os moradores devem reforçar sua solicitação acessando o SAC (Serviço de Atendimento ao Cidadão) da subprefeitura da Penha através deste link:  http://sac.prefeitura.sp.gov.br/

Comentários

VEJA TAMBÉM