30/10/2010

O distrito de Ponte Rasa teve taxa de mortalidade infantil de 20,05 e conta  com índices comparáveis a regiões pobres do planeta como Suriname (18,81), Armênia (20,21) e faixa de Gaza (18,35).

De acordo com o World Factbook (compilação de dados feita pela Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos), o índice na Suécia é de2,75, Japão, 2,79 e França, 3,33.

O índice é um dos parâmetros mais importantes usados pela OMS (Organização Mundial da Saúde) para definir a qualidade do atendimento de saúde de um país.

Segundo o professor da UnB (Universidade de Brasília) e infectologista José Ricardo Pio, o dado é sensível a uma série de fatores, como a infraestrutura da região, escolaridade e renda. De acordo com Pio, é normal que nas grandes metrópoles brasileiras existam diferenças grandes entre as regiões ricas e pobres.

A SMS (Secretaria Municipal da Saúde) não respondeu a questões da reportagem do R7 sobre a desigualdade da mortalidade infantil na capital paulista. Por meio de nota, a SMS disse que, nos últimos cinco anos, foram feitos importantes investimentos na área.

Fonte: Portal MS; Foto: oreivainu.weblog.com.pt/arquivo

Comentários

VEJA TAMBÉM