Envie esta notícia para seus amigos de Ermelino e Ponte Rasa

19/04/2012

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) anunciou nesta quinta-feira (19), por meio de nota, que abriu sindicância interna para apurar em que condições um vídeo com cenas de sexo em uma composição da empresa se tornou público. Um casal foi flagrado por uma câmera do circuito de segurança de um dos trens da CPTM.

O fato ocorreu por volta das 23h40 de sábado (14) na linha 12-Safira (Brás-Calmon Viana), em percurso sem interrupção de cerca de 12 minutos entre as estações Engenheiro Goulart e Tatuapé, na Zona Leste de São Paulo. De acordo com a CPTM, trata-se de um dia e horário de pouco movimento e, na ocasião, o casal viajava sozinho no vagão quando decidiu transar. Nas cenas gravadas, a mulher chega ficar inteiramente nua.

A empresa lamentou o episódio, considerando-o um “desrespeito ao transporte público e à sociedade cometido pelo casal de usuário, que fez mau uso de um bem público para realizar ato ofensivo ao pudor”. Fazer sexo em público é considerado um ato obsceno, crime previsto no Código Penal Brasileiro.

A CPTM anunciou que já identificou e puniu administrativamente os responsáveis por reproduzir de forma não autorizada as imagens das câmeras de segurança interna do trem. A empresa agora investiga os autores da divulgação do vídeo. “Dependendo das conclusões, tomará as providências cabíveis junto às autoridades policiais”, informou o comunicado.

De acordo com a CPTM, o sistema de monitoramento de imagens relativo aos salões de passageiros nos trens não ocorre em tempo real e as imagens captadas são analisadas posteriormente. Sobre o comportamento inadequado do casal, a empresa disse que “tomou providências imediatas para coibir esse tipo de prática por parte de usuários”.

Qualquer tipo de irregularidade ou delito nos trens, estações e outras dependências da CPTM, pode ser denunciado diretamente à Central de Monitoramento da Segurança, enviando mensagem para o número de celular 7150-4949. O serviço funciona 24h por dia, garante o anonimato do denunciante e a maior agilidade na atuação dos agentes. Outro canal disponível é o Serviço de Atendimento ao Usuário pelo telefone 0800 055 0121, que funciona 24h por dia.

Assista o vídeo da Record:

Fonte: G1/imagem: Reprodução: Xvídeos 

Atualização

Em 16/05/2012 o vídeo sem corte nem tarja vazou na internet em site pornográfico estrangeiro. Para assisti-lo é necessário a sua declaração de ser maior de idade neste link:. http://www.xvideos.com/video2250554/casal_fazendo_sexo_no_trem_da_cptm

 

Comentários

VEJA TAMBÉM