Envie esta notícia para seus amigos de Ermelino e Ponte Rasa

16/05/2011

Domingo, 15 de maio. Dia de decisão do Campeonato Paulista. Só que para Daniela e Vitor também era dia de casamento. Ela, santista. Ele, corintiano. Cerimônia marcada desde o ano passado. E a data selecionada pelo casal e pela Federação Paulista de Futebol foi justamente a mesma.

Coincidência que deu um caráter diferente à festa. Para começar, Daniela se perdeu e chegou com duas horas de atraso ao salão onde seria realizado o matrimônio, na Vila Cisper, em São Paulo. Depois, já no local certo, foi recebida com uma serenata do noivo.

Durante a cerimônia, que durou cerca de 30 minutos, uma figura se destacava: o tio Luís, que não se agüentava de tanto nervosismo.

– O coração está a mil. Tensão muito grande.

Com o casamento ou com o Corinthians, tio Luis?

– Com os dois.

Passado o primeiro momento de tensão, eis o segundo: o jogo. A televisão demorou a funcionar. Quando finalmente ligou, todos se reuniram para acompanhar a partida. A celebração, por algumas horas, teve que ser adiada.

No fim, foi a Daniela que comemorou de verdade. Festa na Vila Belmiro, festa na Vila Cisper. Para o Vitor, um consolo.

– Com carinho, dengo e beijos, ele vai ficar bem – disse Daniela.

Assista o vídeo exibido no Globo Esporte desta tarde:

Comentários

VEJA TAMBÉM