24/02/2010

A primeira Organização Social (OS) credenciada para administrar equipamentos esportivos da prefeitura já está funcionando e é em Ermelino Matarazzo. Assim como acontece na Saúde, a OS do Esporte veio para melhorar a vida de todos os paulistanos, mas não pode ser compreendida como um atalho. É, sim, a abertura de uma grande avenida, que vai melhorar o fluxo, mas também tornará o caminho mais seguro, com regras claras, metas definidas e fiscalização rígida e constante.

Esse trabalho já vem sendo desenvolvido em três Clubes Desportivos da Comunidade (CDCs) na região de Ermelino Matarazzo, que foram reformados e estão sob responsabilidade do Instituto Esporte e Educação. A partir dessas atividades, serão produzidos indicadores para avaliar o desenvolvimento do programa de metas previsto e, consequentemente, do desenvolvimento geral do bairro.

O contrato têm três anos de duração e, dependendo dos resultados, pode ser estendido para os outros seis equipamentos esportivos da região e, no futuro, para toda a cidade. O conceito base de todo o projeto é o Esporte Educacional. A idéia é mudar não só a aparência dos clubes em Ermelino Matarazzo, mas principalmente os indicadores sociais: educação, saúde e até a segurança do local.

E o que é Esporte Educacional? É usar a atividade física como ferramenta de inclusão, cidadania e participação. A OS do Esporte vai ensinar esporte de três maneiras distintas: 1-) Ensinar para todos, com a participação e inclusão de qualquer um, independentemente de potenciais e limitações individuais. 2-) Ensinar bem, para que qualquer um aprenda a praticar esporte com competência técnica e tática. 3-) Ensinar de forma que os alunos se apropriem de conhecimentos nas áreas de saúde, cultura, cidadania e comunidade.

A tarefa de ensinar esporte destas três maneiras não é para treinadores. É para educadores, que têm a função de mediar um processo movido à base do respeito, da troca de experiências e do incentivo à ação. O resultado é a formação de indivíduos autônomos, críticos, conscientes e, sobretudo, independentes.

O esporte trabalhado na dimensão educacional desenvolve valores essenciais, ultimamente esquecidos em nossa sociedade, como a solidariedade, respeito ao próximo e às regras, tolerância, sentido coletivo e cooperação. O Esporte Educacional cria oportunidades para o aluno desenvolver estratégias, resolver problemas e enfrentar a vida em sociedade.

O que pretendemos é inaugurar e aperfeiçoar um novo modelo de gestão, científico e moderno. Queremos unir esporte e educação para cumprir uma tarefa impensável para o Estado: universalizar o atendimento e a oferta de esporte, lazer, recreação, educação, saúde e cultura.

O envolvimento da comunidade é fundamental. A experiência da Secretaria de Esportes e do Instituto Esporte Educação mostra que o esporte como ferramenta de desenvolvimento local é sustentável e funciona como uma bolha de oxigênio para comunidades socialmente doentes. Se a comunidade recebe a oferta de esporte com competência, responde participando, aprendendo, evoluindo, num ciclo vicioso que só traz o bem. Cidadãos melhor preparados rendem mais em qualquer atividade. E a OS do Esporte é uma nova maneira de educar.

O país se prepara para gastar bilhões na organização dos dois maiores eventos do planeta, Copa do Mundo e Jogos Olímpicos. Se o olhar de nossos governantes estiver atento, o modelo de OS do Esporte pode ser replicado em todas as sedes e sub-sedes desses eventos, aproveitando estruturas construídas de forma sustentável e evitando o aparecimento de grandes elefantes brancos. Seria a melhor maneira de garantir um legado de crescimento e desenvolvimento que vai beneficiar toda a sociedade, durante muito tempo.

Grandes estádios, medalhas de ouro e glórias olímpicas não podem ser objetivos na preparação para a Copa do Mundo e a Olimpíada. Devem ser resultado, conseqüência de um planejamento eficiente e inteligente, que dê frutos a médio e longo prazos. Só assim contribuiremos para o desenvolvimento pessoal do cidadão e do país como um todo. Com a OS do Esporte, essa avenida começa a ser aberta.

Comentários

VEJA TAMBÉM