Envie esta notícia para seus amigos de Ermelino e Ponte Rasa

09/02/2014

Em Ermelino Matarazzo um dos pontos mais concorridos em termos de baile funk ao ar livre é na Avenida Abel Tavares, mas um projeto de lei na Câmara Municipal ameaçava sua continuidade. Entretanto, o prefeito Fernando Haddad vetou  dia 07/02 o projeto de lei que proibia a realização de bailes funk em locais públicos. O projeto que acabava como os chamados “pancadões” havia sido aprovado pela Câmara Municipal e dependia da sanção do prefeito para virar lei.

De acordo com Haddad, o artigo 5º do projeto, que previa encerramento das atividades musicais nas ruas até as 22h, inviabilizaria eventos como a Virada Cultural e a festa de Réveillon na Avenida Paulista.

O prefeito afirmou ainda que “o funk é uma expressão legítima da cultura urbana jovem, não se conformando com o interesse público sua proibição de maneira indiscriminada nos logradouros públicos e espaços abertos”.

Em nota, o autor do projeto, Coronel Camilo (PSD), deixou claro é a favor de toda manifestação cultural. “O funk é uma expressão legítima da cultura urbana jovem. Todavia, entendo que, em uma sociedade civilizada, os direitos de uns terminam quando começam os de outros, para que haja harmonia e respeito mútuo entre os cidadãos.”

“A minha expectativa agora é que a Prefeitura crie urgentemente operações conjuntas entre os agentes do Psiu, CET, subprefeituras e a GCM – e se necessário for até com o apoio da PM – para atender a grande demanda de reclamações referentes aos ‘pancadões’, senão o poder público cairá em descrédito”, completou Camilo.

Assista o vídeo:

Fonte: Diário do Comércio, EM JORNAL, imagem: youtube

 

Comentários

VEJA TAMBÉM