13/11/2010

O desempregado F.L.T.M. foi detido em flagrante, e um menor, de 16 anos, apreendido após realizarem um assalto na avenida Alfredo Ribeiro de Castro, no bairro engenheiro Goulart, zona leste da Capital. Por volta das 22h40, a dupla abordou dois homens que conversavam na rua, e levaram diversas jóias. Houve troca de tiros e os suspeitos foram encaminhados para o pronto socorro do hospital Ermelino Matarazzo.

Policiais militares foram chamados para atender uma ocorrência de roubo e tiroteio. Eles foram informados que uma das vítimas era um policial militar e que um dos suspeito foi ferido e socorrido ao pronto socorro, enquanto o outro rapaz teria fugido.

No caminho para o local dos fatos, os policias militares foram abordados por um pedestre, que disse ter visto um homem ferido correndo em direção a avenida Assis Ribeiro. Rapidamente iniciaram as buscas na região até que na rua Guira Acangatara, encontraram F.L.T.M.. O desempregado tentou fugir ao avistar a viatura, mas foi detido. Com ele, os policiais encontraram uma pistola calibre 9mm, municiada, e diversas joias.

F.L.T.M. disse aos PMs que estava ferido e foi socorrido ao Pronto Socorro do Hospital Ermelio Matarazzo, onde entrou em cirurgia. Os policiais militares que o acompanharam, foram informados que o menor envolvido no assalto também estava internado neste mesmo hospital.

Uma das vítimas foi ao pronto socorro e reconheceu F.L.T.M. como um dos assaltantes. Duas correntes de ouro, uma pulseira e um relógio de pulso que foram apreendidas com suspeito também foram reconhecidas pela vítima como o produto do roubo.

O assalto

Os policiais militares apuraram que as vítimas conversavam na rua quando foram surpreendidos pela desempregado e pelo menor. Os dois suspeitos estavam armados e levaram três correntes e uma pulseira de ouro uma pulseira de prata e um relógio de pulso. A dupla também tentou levar o Fusion preto que pertence a uma das vítimas.

Uma das vítimas que é policial militar, interveio no momento em que viu que os suspeitos estavam entrando no Fusion, e anunciou voz de prisão aos dois. O menor reagiu a fala do policial, apontando uma arma. F.L.T.M. que já estava dentro do carro neste hora, percebendo a movimentação, atirou. No revide, o policial atingiu os dois suspeitos. O menor foi socorrido para o pronto socorro, enquanto F.L.T.M. fugiu.

O caso foi apresentado no 24º Distrito Policial (Ponte Rasa). Os autores do crime foram reconhecidos fotograficamente pelas duas vítimas que, até a conclusão do boletim de ocorrência, permaneciam internadas. O delegado responsável solicitou exame residuográfico para todos os envolvidos e perícia para as armas e para o veículo.

Fonte: Estadão, SSP-SP e R7

Comentários

VEJA TAMBÉM