Envie esta notícia para seus amigos de Ermelino e Ponte Rasa

29/11/2011

O prefeito e o governador assinaram nesta segunda-feira pela manhã (28), em solenidade no Palácio dos Bandeirantes, na Zona Sul de São Paulo, um convênio entre a Prefeitura e o Governo do Estado para a construção de 22 novos Centros de Educação Infantil (CEIs). Entre elas, uma será construída no distrito de Ermelino Matarazzo e outra no distrito da Ponte Rasa.

Chefe do Executivo Municipal afirmou que o objetivo de seu governo é investir cada vez mais na educação. “Hoje, com esse convênio, nós temos a possibilidade de dar mais um avanço para atender cerca de 4.000 crianças, diminuindo, portanto, a fila de espera que existe hoje na cidade. Investir na educação é investir no futuro do país”.

Serão 22 novos Centros de Educação Infantil (CEIs) em 17 distritos da capital.

A administração municipal será responsável por providenciar os terrenos e executar as obras, que já estão em fase de licitação.

A entrega de todas as unidades tem previsão de um ano, sendo que as primeiras serão inauguradas em um prazo de sete meses.

O Governador destacou no evento que já transmitiu ao prefeito a possibilidade de novos investimentos para a educação no próximo ano. “O governo estadual estuda liberar áreas do metrô para que a Prefeitura possa fazer as creches em pontos contínuos às estações, o que também facilitaria a vida para mães que trabalham, usam o transporte coletivo e precisam deixar seus filhos nas creches”.

O secretário Municipal da Educação lembrou que o número de crianças matriculadas na faixa etária de 0 a 3 anos mais que dobrou na atual gestão. “Cresceu mais do que a taxa do Brasil e mais do que todos os municípios brasileiros.

O apoio do Governo do Estado à Prefeitura é uma grande contribuição ao esforço de todos para garantia do direito à Educação Infantil das crianças paulistanas”, disse.

A assinatura do convênio é uma das frentes para o atendimento em creche de crianças de 0 a 3 anos.

A Secretaria Municipal de Educação vai continuar ampliando o número de matrículas em creches com construções e convênios. Foi desta forma que o número de matrículas aumentou significativamente nesta gestão, passando de 59 mil em 2005 para 130 mil matrículas em 2010.

Com a reorganização da Educação Infantil, que ampliou o atendimento para crianças com mais de 3 anos, já há 196 mil crianças matriculadas em creche na cidade de São Paulo.

A capital é uma das poucas cidades do País que não limita vagas apenas para mães que trabalham nem permite que os cadastros sejam feitos apenas no início do ano.

As famílias podem procurar as unidades de Educação Infantil da Rede Municipal de Ensino durante todo o ano.

 

Comentários

VEJA TAMBÉM