09/08/2012

O internauta  R…  do 'EM JORNAL' manifestou sua insatisfação com a falta de iluminação pública em praça criada entre a rua Catleia e Japichuá, próximo ao novo viaduto da Avenida Assis Ribeiro que da acesso ao bairro de União de Vila Nova. Em decorrência disso,  durante a noite a área é tomada por usuários de drogas.

Leia sua indignação:

"… as eleições estão chegando e os politicos saem fazendo passeatas em nosso bairros, fazendo promessa, mas entregam as obras pela metade veja o exemplo em união de vila nova, foi criado uma praça com playground para as crianças, bancos e mesas para um bate papo e uma quadra de esportes e por sinal tudo bem feito, isso é se não contarmos o detalhe que o engenheiro que projetou a praça não incluiu no projeto iluminação, ou seja a noite a praça sera usada apenas por morcegos apesar que morcegos não temos no bairro, mas no periodo noturno devido a total falta de iluminação da praça e das ruas principais em torno da praça não haver nenhum tipo de iluminação, nem uma vela, acaba atraindo usuários de drogas o que nos causa intimidação e preocupação, pois amanhã quem pode estar nessa escuridão sendo convidado a fumar entorpecentes poderá ser nossas crianças.

Gostaria de contar com o apoio do "Em Jornal" para divulgar as autoridades do bairro, seja subpreito, vereador ou até mesmo o ILUME para que venham avaliar e providenciar infra-estrutura e iluminação tanto na nossa praça como nas ruas principais adjacentes a praça, que não possui nem poste e muito menos lampadas. Desde ja agradecemos a atenção e aguardamos uma solução de nossas autoridades"

Para ilustrar, o internaulta enviou também "fotos tiradas ao dia, pois se eu tirar a noite ninguem vai ver imagem nenhuma, esperamos que isso possa mudar".

Saiba mais

 

Segundo Portal da Prefeitura, existem regras e etapas a serem cumpridas para que um novo ponto seja instalado.

Todo o processo tem início na Subprefeitura onde o cidadão que identificar a falta de iluminação em uma via ou praça deve solicitar, na praça de atendimento da unidade mais próxima, a instalação do novo ponto. É importante não confundir com a necessidade de manutenção, pois é comum o uso do termo “falta de luz” nos dois casos. Ampliação é quando nunca houve uma luminária instalada no local desejado.

Na Subprefeitura será preenchido o formulário “SAIP – Solicitação de Ampliação de Iluminação Pública”, com os dados do solicitante e do local, devendo o munícipe, para agilizar a análise e tramitação do pedido, fornecer a maior quantidade de dados sobre a localização, com referências e características da via para elaboração de croqui (planta).

Inicialmente técnicos da Subprefeitura avaliam a necessidade e verificam se não há impedimentos legais ou ambientais. Se a solicitação for viável o SAIP é então encaminhado ao ILUME.

O Departamento de Iluminação Pública programa uma vistoria técnica para verificar as instalações existentes na proximidade, extensão, largura e condições da via, para então definir as luminárias, acessórios e locais adequados para a implantação dos novos pontos. Finalmente é programada a execução das obras junto às empresas contratadas para estes serviços.

Todos os critérios e equipamentos utilizados são padronizados pelo ILUME, segundo normas técnicas e requisitos de qualidade, sendo sempre utilizados equipamentos novos, adequados às características do local e já utilizando lâmpadas de sódio, mais eficientes e com maior durabilidade.

Ligue Ilume: 0800-779-0156

Comentários

VEJA TAMBÉM