04/11/2018

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes, dará início nesta terça-feira, dia 30 de outubro, a uma série de audiências públicas nas 32 subprefeituras da cidade para apresentar a proposta de um novo Plano de Segurança Viária, chamado de Vida Segura. Em Ermelino Matarazzo o encontro será dia 05 de novembro às 19 horas..

Com a adoção desse plano, que norteará a execução de políticas públicas para a redução de ocorrências graves e mortes no trânsito, a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes calcula que 2.734 vidas serão salvas até 2028.

O programa Vida Segura da Prefeitura de São Paulo é baseado no Visão Zero, que parte da premissa de que nenhuma morte é aceitável no trânsito. Criado na Suécia em 1997, esse conceito já é usado como referência para planos de segurança viária de longo prazo em cidades como Nova York, Cidade do México, Bogotá e, agora, São Paulo.

A proposta do Plano de Segurança Viária que será apresentada prevê o conceito de proteção ao pedestre e ações de melhorias viárias, como sinalização e fiscalização. O objetivo é a redução de ocorrências fatais e com vítimas.

As audiências públicas servirão como um canal de diálogo com a população. Todos os encontros terão espaço para que a sociedade civil possa contribuir com sugestões para aprimorar a segurança viária em sua região. As audiências vão ser realizadas à noite, para que a maior parte dos cidadãos possa participar das discussões.

Também será apresentado um panorama das ocorrências, atropelamentos e mortes de cada subprefeitura, além de um diagnóstico da cultura e comportamento em relação à segurança na mobilidade e ações que podem ser implementadas. A versão final do plano Vida Segura será concluída apenas após a consolidação das contribuições da população.

As ações foram delineadas junto a São Paulo Transporte, a Companhia de Engenharia de Tráfego, o Departamento de Operação do Sistema Viário e o Departamento de Transportes Públicos, além de diversos outros órgãos e secretarias da administração pública municipal.

Transparência e conscientização

A ferramenta Vida Segura pode ser acessada pelo site oficial e já é utilizada pela Companhia de Engenharia de Tráfego para análise de pontos críticos na cidade e para nortear o planejamento de ações para proteção à vida e redução de ocorrências. As informações sobre as ocorrências de cada subprefeitura serão apresentadas nas audiências públicas.

 

Comentários