19/09/08

Policiais militares da 4ª Cia. do 2º BPM/M (Batalhão de Polícia Militar Metropolitana) prenderam, na tarde de ontem (18), um ajudante acusado de roubar uma loja de eletrônicos situada na rua Antonio de Barros, no Tatuapé, zona leste de São Paulo.

Os policiais militares foram informados que o ajudante R.R.M., de 22 anos, estaria mantendo produtos roubados em casa, na rua dos Anjos, no bairro Vila Cisper. Na garagem da residência, os policiais do 2º BPM/M se depararam com um Fiesta e descobriram após consulta que o veículo foi utilizado em um roubo a uma loja de aparelhos eletrônicos um dia antes.

Autorizados a entrar por uma moradora da casa, os policiais surpreenderam R. escondido atrás de um guarda-roupa, em um dos quartos. O rapaz, em uma tentativa frustrada de ludibriar os PMs, identificou-se como “José”, exibindo um RG sem foto. Na casa, foram encontradas duas impressoras, um computador, quatro telefones sem fio, diversos cartões de memória, dvd players, jogos, seis cartões de crédito em nome de terceiros, cinco celulares, medicamentos, documentos de veículos, além de 82 gramas de maconha e um cheque no valor de R$ 1 mil.

A detenção de R. levou os policiais à casa do operador de telemarketing B.G., de 21 anos, que seria um comparsa dele. Com o rapaz, residente na rua José Antonio Saraiva, Jardim Danfer, foram encontrados três telefones celulares, um aparelho eletrônico com uma etiqueta da loja roubada e 25 gramas de maconha.

O roubo

Dois homens estacionaram um Fiesta às 7 horas da manhã de terça-feira em um estacionamento vizinho à loja de eletrônicos. Logo no início da madrugada no dia seguinte, aproximadamente à 1 hora de quarta-feira, eles voltaram ao estacionamento e pediram ao manobrista para buscar o carro, exibindo-lhe o ticket. Após conseguirem a permissão para entrar, R., armado, rendeu o manobrista e com auxílio de outros cinco homens invadiu a loja após retirar a grade de proteção da janela. Produtos de valor estimados em R$ 12 mil foram levados na ação, que durou cerca de uma hora. Segundo informações do manobrista, eles fugiram em um carro barulhento, possivelmente uma Kombi.

A prisão

R. foi preso em flagrante por tráfico de drogas e identidade falsa. Devido aos objetos encontrados em sua residência e ao reconhecimento feito pelo manobrista, R. foi indiciado ainda por roubo qualificado. B. foi preso em flagrante, indiciado por tráfico de drogas e receptação dolosa.

Victor Amaro

Comentários

VEJA TAMBÉM