Envie esta notícia para seus amigos de Ermelino e Ponte Rasa

27/01/2011

A oficina consiste em estudos teatrais partindo de jogos, improvisações, pesquisa prática, pesquisa teórica (Stanislavisky, Viola Spolin e etc.), além da valorização de obras periféricas e de autores alternativos. Que culminará na montagem de espetáculos produzidos totalmente pelos alunos da oficina.

Pretendemos com esta demonstrar a capacidade criativa de cada indivíduo e da periferia, explorando ao máximo a realidade social na qual o projeto está inserido, ou seja, a região da Vila Císper e arredores. Desta forma, mediado pelo oficineiro Hamilton Fernandes, as oficinas ocorreram em três módulos.

O primeiro módulo, com duração de um ano, será a introdução ao fazer teatral, ensinando aos alunos técnicas, estudando autores renomados, realizando visitas a apresentações de outros grupos culturais.  Porém além desta fase, o foco do trabalho estará totalmente voltado na improvisação, os alunos serão incentivados a atuarem em todas as áreas (cenografia, figurino e etc), adquirindo conhecimento de técnicas em todas. Ao final deste módulo, com coordenação do oficineiro e apoio da equipe técnica e artística do Periferia Invisível, os alunos entraram em cartaz com um espetáculo, que com um tema em comum, irão desenvolver um trabalho de improvisação coletiva.

Para o segundo módulo, com duração de um ano, os alunos serão selecionados para cada área da produção em geral pelo oficineiro, que durante todo o primeiro ano acompanhará o desenvolvimento dos mesmos. As pesquisas, então, serão voltadas para a área na qual o aluno foi selecionado.

Partindo disto, ocorrerá a montagem de dois espetáculos produzidos inteiramente pelos alunos, tanto texto como direção, luz e sonoplastia, atuação e produção técnica. O papel do oficineiro nesta segunda etapa é coordenar todo o processo e mediar os encontros entre os alunos. Estes espetáculos serão montados em parceria com as outras oficinas oferecidas pelo Periferia Invisível. Neste segundo módulo, a dramaturgia será de algum autor conhecido. Portanto o trabalho dos atores ou produtores se desenvolvera a partir de um texto renomado.

No terceiro e último módulo, com duração de um ano, os alunos poderão desenvolver o trabalho realizado no segundo módulo, porém terão a liberdade de escolher a dramaturgia. Podendo ela ser uma obra conhecida ou não, ou até mesmo partirem para uma criação coletiva. Em relação à produção permanecerá as divisões, sendo que eles mesmos assinarão a parte técnica, sendo que nesta fase não terão o supervisionamento, só na direção que terá um auxílio do Oficineiro Hamilton Fernandes.

Após o término destes três módulos, a oficina experimental tem continuidade, porém, com a intenção de formar um núcleo artístico do projeto Periferia Invisível, onde as peças e montagens realizadas pelo Periferia Invisível sejam representadas por este núcleo. Além disso, a formação cultural de cada aluno poderá resultar em espetáculos criados pelos mesmos, sem intermédio do Periferia Invisível.

Oficineira 1° Modulo: Joara Fernandes.

As oficinas de Teatro acontecerão todos os Sábados das 15h às 17h a partir do dia 12 de Março de 2011 e maiores informações poderão ser obtidas no telefone 9489-4909 ( Bruno Veloso ) ou na Rua Barra de Santa Rosa n°4405

Vila Císper

Comentários

VEJA TAMBÉM