26/07/2010

Um operador de telemarketing de 24 anos foi preso no sábado sob acusação de ter estuprado a ex-mulher, 21 anos, e a irmã dela, 16, em Ermelino Matarazzo, na Zona Leste de São Paulo. Ambos os crimes aconteceram na casa da família, na Rua São José dos Cordeiros.
Policiais foram até o endereço indicado para atender uma ocorrência sobre uma briga entre um casal. No local, encontraram o jovem “aparentemente alterado”. A ex-mulher dele foi até o portão para pedir ajuda e contou que estava sendo mantida em cárcere privado e abusada sexualmente por ele, ameaçada com uma faca.

A vítima disse, ainda, que havia se separado do operador de telemarketing havia dez dias, após cerca de um ano de relacionamento, e estava na casa dos pais, em Itapevi, na Grande São Paulo. O rapaz foi até o local na terça-feira e, armado com uma faca, obrigou a ex a voltar a morar com ele, sob a ameaça de matar toda a sua família.
Já a irmã da vítima, de 16 anos, contou no 62º DP (Ermelino Matarazzo) que também foi estuprada pelo suspeito na quinta-feira e que corria o risco de ser morta por ele caso contasse a alguém.
O rapaz foi indiciado por estupro, ameaça e violência doméstica.

Fonte: Diário do Grande ABC
Comentários

VEJA TAMBÉM