04/05/2013

Um homem, de 19 anos, e um adolescente, de 17 anos, foram detidos em flagrante pela Polícia Militar suspeitos de sequestrarem uma empresária e seus dois filhos juntamente com o carro dela, na noite de sexta-feira (3) em Ermelino Matarazzo. O objetivo dos criminosos era roubar o veículo e dinheiro. Apesar de terem sido ameaçados constantemente de morte, a mulher, uma criança de 7 anos e um bebê de 5 meses não foram feridos. As vítimas foram libertadas pela PM após uma denúncia feita para o telefone de emergência da corporação: o 190.

“Ameaçaram que ia atirar”, contou a empresária ao SPTV. Ela ficou com medo e não quis se identificar por questões de segurança.

A empresária ainda disse que os assaltantes abordaram o seu carro, um Citroën Picasso, por volta das 20h30 em rua p´roxima da  Avenida Dr. Assis Ribeiro, Ermelino Matarazzo. O homem, que estava armado com um revólver calibre 32, ordenou que ela e as duas crianças fossem para o banco de trás do automóvel. O adolescente assumiu o controle do volante e passou a dirigir.

Uma testemunha viu o sequestro e acionou a PM, que passou a perseguir o Citroën durante 15 minutos. Os sequestradores cortaram caminho por um posto de combustíveis e foram obrigados a parar em rua que pegaram na contramão devido ao trânsito. Após o cerco policial, a dupla se rendeu e as vítimas foram soltas. Com os bandidos foi apreendido o relógio e R$ 170 que haviam sido roubados da empresária. Os pertences foram devolvidos à vítima. Já a arma usada no crime foi apreendida.

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria da Segurança Pública do Estado de SP, a dupla de bandidos foi levada para o 63º Distrito Policial, na Vila Jacuí, na Zona Leste, onde foi autuada por assalto. O homem foi preso. O menor, que já tinha passagens pela Fundação Casa por ter cometido roubo, foi apreendido e deverá retornar à entidade para cumprir medidas sócio-educativas.

Fonte: G1/Rede Globo/imagem; reprodução

Comentários

VEJA TAMBÉM