14/09/2019

Um desempregado, de 48 anos, foi preso em flagrante e teve prisão preventiva decretada nesta quinta-feira (12) pelo assassinato da tia, de 71 anos, com quem morava em Ermelino Matarazzo (zona leste de SP).
O corpo da idosa foi encontrado em adiantado estado de decomposição na residência por policiais militares, que foram até o local, após denúncias de vizinhos, que sentiram um forte mau cheiro vindo de dentro do imóvel.</p> <p>No quarto ao lado, o suspeito, que é alcoólatra, foi encontrado na cama enrolado em cobertores. Indagado sobre o corpo da tia, ele, em um primeiro momento, afirmou que não sabia o que tinha ocorrido.
Encaminhado à delegacia, acabou confirmando que havia discutido e agredido a tia no dia anterior. Ele relatou que tinha bebido muito e atribuiu o crime ao alcoolismo.

Fonte: Agora/imagem: reprodução Band

Comentários

VEJA TAMBÉM