30/08/2011

Após o impedimento na realização do 2° Manifesto Cultural em prol a casa de Cultura de Ermelino Matarazzo, o grupo se reuniu no mesmo dia e montou uma comissão para ir na subprefeitura para ter explicações do ocorrido.
A reunião junto ao chefe de gabinete ocorreu no dia 26 de agosto, com os seguintes representantes: Vander, Carla, André e Ricardo.

Eles estiveram as 14:00 horas reunidos com o Chefe de Gabinete Coronel do Corpo de Bombeiros Valdeir e a Supervisora de Cultura Srª Isis, contaram sobre os trabalhos desenvolvido pelos grupos e a quantidade de artistas em torno da luta por espaço cultural.
Informaram sobre o andamento e negociações com a Secretaria do Estado e Cultura junto a Subprefeitura, sobre a emenda do Vereador Chico Macena de 200.000 mil para montar um espaço cultural no bairro.
Enquanto falávam sobre a Cultura ZL e o Projeto Cultura na Praça, o André estava fazendo a caricatura do Coronel.O subprefeito pegou os documentos (fotos dos eventos na praça, carta aberta, folder das oficinas culturais) que o grupo entregou e vai dar encaminhamento junto a Secretaria de Cultura. Ele queria saber como funcionariam as oficinas culturais na casa de cultura e a resposta foi de que a Secretaria do Estado da Cultura seria parceira da prefeitura em relação às oficinas.

Por último o assunto foi sobre o manifesto impedido de realizar no Parque. A justificativa apresentada foi de que como o pedido foi feito ainda com o antigo Subprefeito, esse deveria ter dado a autorização e assumiu que “Cultura ZL e Projeto Cultura na Praça” agiram corretamente e que a falha foi dos que estavam saindo (Jose Guerra e Pedro Cardoso) já que a solicitação de ocupação do espaço foi protocolado em um dia e eles saíram no dia seguinte. O Coronel elogiou todo o coletivo pelo belo trabalho realizado e disse ser parceiro e vai dar todo o apoio que estiver a seu alcance…

Fonte: Cultura na Praça

Comentários

VEJA TAMBÉM