14/07/2006

A polícia prendeu pelo menos 12 suspeitos nas últimas horas. Dois deles foram detidos na capital, em Ermelino Matarazzo, quando se preparavam para atirar uma bomba incendiária contra delegacia. Houve perseguição e troca de tiros, e dois dois suspeitos conseguiram escapar. O Grupo de Ações Táticas Especiais da Polícia Militar (Gate) foi acionado para desarmar o artefato.

Comentários

VEJA TAMBÉM