02/09/2011

Organizado pela Associação de Arte e Cultura Periferia Invisível, será realizado dia 29 de outubro o “I Festival Periferia Invisível: Voz e Violão” será realizado na Associação de Arte e Cultura Periferia Invisível, Rua Barra de Santa Rosa n°4405, Vila Císper.

Leia abaixo a íntegra do regulamento para quem quiser participar:

REGULAMENTO DO I FESTIVAL DE VOZ E VIOLÃO PERIFERIA INVISÍVEL
TITULO 1º – DA PROMOÇÃO
O I Festival Periferia Invisível: Voz e Violão será realizado com a categoria única de Voz e Violão e será promovido pela Associação de Arte e Cultura Periferia Invisível.
TITULO 2º – DOS OBJETIVOS
Os objetivos do I Festival Periferia Invisível: Voz e Violão consistem em:
I – Promover a arte e a cultura;
II – Despertar o interesse da população local pela música brasileira;
III – Incentivar e valorizar jovens músicos e compositores das periferias de São Paulo;
IV – Promover a reflexão e criação de uma consciência artística crítica, através da música, como forma de desenvolver potenciais humanos e sociais, individuais e coletivos.
TITULO 3º – DA REALIZAÇÃO
O I Festival Periferia Invisível: Voz e Violão será realizado no dia 29 de outubro de 2011, na Associação de Arte e Cultura Periferia Invisível, Rua Barra de Santa Rosa n°4405, Vila Císper- São Paulo SP.
TITULO 4º – DO CONCURSO
Art. 1º – Cada candidato deverá concorrer obrigatoriamente com pelo menos uma música de sua autoria, mas poderá se apresentar com até três músicas, sendo as outras duas de sua livre escolha e o tempo limite para cada candidato de quinze minutos; Associação de Arte e Cultura Periferia Invisível – Rua Xambré, 150 – Vila Císper – São Paulo
Telefone: 9489 4909, E-mail: contato@periferiainvisivel.com.br www.periferiainvisivel.com.br
Art. 2º – O limite máximo de participantes por apresentação é de três pessoas, desde que respeite as normas do festival, que se limita a voz e violão. Portanto a utilização de qualquer instrumento que fuja as regras desclassificará o participante inscrito.
Art. 3º – As canções participantes devem ser enviadas até data estipulada pela Comissão Organizadora e passarão por um processo de triagem no qual serão excluídas as canções que não sejam de autoria própria dos participantes do festival, a critério da Comissão Organizadora;
Art. 4º – A inscrição poderá ser realizada somente pelo autor da canção, sendo de seu critério ser ou não o interprete e também poderá ser representado na premiação pelo mesmo.
Art. 5º – A participação no festival é livre, observado apenas o critério da autoria própria da música participante;
Art. 6º – É vetada a participação no concurso de qualquer um dos organizadores do evento.
Art. 7º – A inscrição no festival só será realizada mediante pagamento de taxa de inscrição, no valor de R$ 30,00 (trinta reais).
TITULO 5º – DA SELEÇÃO
PARÁGRAFO ÚNICO – O prazo para as inscrições será encerrado no dia 15 de outubro de 2011, sábado, após isso, a Comissão de Triagem selecionará dentre as composições inscritas, que efetivamente participarão do Festival no primeiro dia de seu acontecimento, 29 de outubro. Classificar-se-ão 4 categorias, a serem premiadas no dia
30 de outubro e, somente a primeira colocada no quesito “Melhor apresentação”, será beneficiada com 06 horas de gravação em estúdio.
As inscrições deverão ser feitas pessoalmente na Associação de Arte e Cultura Periferia Invisível, aos sábados ou domingos no horário das 9:00 às 20:00 horas:
A ficha de inscrição está disponível no site: www.periferiainvisivel.com.br Associação de Arte e Cultura Periferia Invisível – Rua Xambré, 150 – Vila Císper – São Paulo
Telefone: 9489 4909, E-mail: contato@periferiainvisivel.com.br www.periferiainvisivel.com.br
E deve ser entregue, juntamente com o valor da inscrição:
Na sede da Associação de Arte e Cultura Periferia Invisível. Rua Barra de Santa Rosa, N° 4405, Vila Cisper – São Paulo – SP.
TITULO 6º – DA APRESENTAÇÃO
Art. 1º – As composições a serem julgadas pela comissão julgadora deverão obedecer à regra de autoria própria, sendo acompanhadas de violão na apresentação, sendo essa por ordem de sorteio.
Art. 2º – A utilização da composição é de inteira responsabilidade dos autores e/ou arranjadores, e sua apresentação no palco deverá contar com no máximo, 3 componentes.
Art. 3º – Cada participante poderá defender no máximo três (03) composições no festival, no mínimo uma como compositor, e as outras como intérprete, sendo que os músicos de apoio poderão subir ao palco quantas vezes se fizer necessário. O descumprimento deste ou quaisquer outros parágrafos deste regulamento implicará na
desclassificação da obra, sem direito às premiações previstas.
Art. 4º – A Comissão Organizadora colocará à disposição dos concorrentes um sistema de sonorização e iluminação profissional e o horário para equalização (passagem) de som, será definido pela equipe (nos respectivos dias do evento), com espaço de 10 minutos por composição, sem prorrogação, não havendo possibilidade de horário
alternativo, sendo que o descumprimento implicará nas premiações previstas.
Art. 5º – A equipe Periferia Invisível disponibilizará um violão no espaço para eventuais contratempos, entretanto, o participante que não tiver o instrumento para competir, deverá entrar em contato com a Comissão Organizadora antes mesmo da inscrição, para ser avaliado o caso.
TÍTULO 7º – DA PREMIAÇÃOAssociação de Arte e Cultura Periferia Invisível – Rua Xambré, 150 – Vila Císper – São Paulo
Telefone: 9489 4909, E-mail: contato@periferiainvisivel.com.br www.periferiainvisivel.com.br
Melhor Composição – Troféu
Melhor Interprete – Troféu
Melhor Arranjo – Troféu
Melhor Apresentação (Composição, interpretação e arranjo) – Troféu + 06 horas no estúdio “Usina Studio”.
Em caso de empate os quesitos utilizados para indicar o vencedor seguirão a ordem:
1° – Composição;
2° – Arranjo;
3° – Interprete.
TITULO 8º – DO JULGAMENTO
Art.1º – O Julgamento das músicas concorrentes será feita pela Comissão Julgadora, escolhida pela Comissão Organizadora, dentre pessoas de reconhecida idoneidade e capacitação no cenário artístico-musical.
Parágrafo Único – A melhor apresentação será escolhida dentre as classificadas, levando em conta também as manifestações do público presente, sendo esta premiada com a gravação em estúdio.
TITULO 9º – DAS DISPOSIÇÕES GERAIS
Art. 1º – A Comissão Organizadora reserva-se o direito de, em qualquer etapa, excluir do evento, o(s) concorrente(s) ou grupo, cujos integrantes não respeitarem os dispositivos deste regulamento.
Art. 2º – Os casos omissos ao presente regulamento serão resolvidos pela comissão organizadora do 1º FESTIVAL DE VOZ E VIOLÃO PERIFERIA INVISÍVEL, cujas decisões serão irrecorríveis.

Comentários

VEJA TAMBÉM