02/09/2009

O auditório da USP Leste onde aconteceu à audiência pública sobre Plano Diretor Estratégico em Ermelino Matarazzo contou com a maior parte dos presentes os moradores da região do Keralux.

A audiência aconteceu no dia 31 de agosto, às 19 horas. Entre os temas regionais que foram apresentados pelos 10 oradores estavam a necessidade de implantação de áreas de lazer e cultura, como por exemplo, A construção d e uma Casa de Cultura, regularização fundiária e a falta de hospitais para atender a demanda da região.

A moradora, Andressa Rosa, em sua fala deu enfoque a questão da necessidade moradias populares na região. “Não adianta dar enfoque a alguns bairros e esquecer de outros, não adianta falar de moradia popular, se o critério de renda é alto”, afirmou ela.

Marco Aurelino Amaral, um dos oradores, questionou o tomada de decisão da prefeitura sem a consulta dos moradores, e reivindicou o atraso do prazo de entrega das obras do Córrego da Ponte Rasa. Durante a audiência, os presentes fizeram o grito de luta povo, puxado por uma das oradoras, Ana Maria “O povo unido jamais será vencido”.

Estiveram presentes na mesa o subprefeito de Ermelino Matarazzo, Eduardo Afonso Camargo, a ex-vereadora Ana Martins (PC do B), o Chico Macena (PT), Cláudio Fonseca (PPS), Zelão (PT), o relator José Police Neto (PSDB) e o presidente Carlos Apolinário (DEM), a representante do executivo.

O vereador Chico Macena criticou a revisão proposta pela prefeitura, mas mencionou a importância da reivindicação popular que vem obtendo uma conquista neste processo que é o recuo da prefeitura na retirada das macroareas, conforme o artigo publicado no jornal da Tarde, no dia 31 de agosto.

José Police Neto (PSDB), ao responder as questões apresentadas pelos oradores, informou aos presentes que grande parte das questões regionais apresentadas, naquele momento, só serão discutidas no Plano Regional Estratégico.


Veja a fala do vereador durante a audiência

Assista o vídeo:

 Fonte: Site oficial do vereador

Comentários

VEJA TAMBÉM