10/03/2012

A cinegrafista amadora Carolina publicou no Youtube sua indignação no último dia 04 de março quando flagrou uma grávida sentindo dores e sem atendimento em frente ao Pronto Socorro no Hospital Alípio Corrêa Neto (Hospital Municipal Ermelino Matarazzo). Só pelas imagens gravadas sem corte por quase 14  minutos é possível ver a jovem  sentada no gramado que fica já no interior do PS sob sol forte sem nenhuma atenção dos profissionais da saúde que lá atuam e estavam a poucos metros de onde tudo acontecia. Toda a assistência inicial é dada pela família e por pessoas comuns que se comoveram com a situação.

No início, umas pessoas de branco se aproximam,  vêem a situação e vão embora . Somente no final da  gravação aparece dois policiais que interferem e ela finalmente pode entrar no PS em uma cadeira de rodas “tomada” da portaria por outra mulher que assistia a tudo e tomou a iniciativa para deixá-la mais confortável.

Assista o vídeo:

 

Comentários

VEJA TAMBÉM